(54) 9815-05279 | contato@mbgeologia.com.br

Vocêconhece os principais métodos de perfuração para captação de água subterrânea?


Autor: José Pedro Barcellos

Você conhece os principais métodos de perfuração para captação de água subterrânea?

Antes de falarmos sobre os métodos de perfuração é necessário conhecer basicamente os principais tipos de aquíferos utilizados para extração de água.


A água subterrânea provém das chuvas, onde parte da água precipitada infiltra-se através dos poros do solo ou da rocha e/ou também nas falhas, fraturas e fissuras em rochas cristalinas e não porosas. Essa parte da formação rochosa ou solo onde a água se acumula é chamada de zona saturada, onde acima desta zona está o lençol freático. Se esta zona saturada está em contato direto com a atmosfera esta água subterrânea é denominada de aquífero livre, sendo necessária a utilização de uma bomba hidráulica no poço perfurado, pois a pressão interna do aquífero não é suficiente para que a água chegue à superfície através do poço. Nos casos em que o aquífero encontra-se entre duas camadas impermeáveis, como por exemplo, um arenito entre duas camadas de basalto, a pressão interna do aquífero é superior à atmosférica, o nível d’água se eleva quando perfurado o poço, nestes casos o aquífero é chamado de confinado ou artesiano.


 


Como é realizada a captação da água subterrânea?


 


A captação de recursos hídricos subterrâneos é feita através de poços tubulares. Estes poços tubulares são feitos através de perfuratrizes, onde, dependendo da constituição da rocha armazenadora do aquífero e/ou da constituição da camada impermeável acima do aquífero, será utilizada uma perfuratriz diferente. O tipo de perfuração realizada poderá ser:


 


Perfuração rotativa: É utilizada em aquíferos granulares e poros. Neste método enquanto a broca perfura o solo ou a rocha, um fluido é injetado por dentro da haste e coluna de perfuração, sai pelo orifício da broca e retorna à superfície trazendo fragmentos da rocha ou solo. Os fragmentos passam pelo espaço entre o a parede do poço e a coluna de perfuração. Se a perfuração ocorrer bem, o tubo é revestido, cimenta-se as camadas que produzem águas salobras e/ou ferruginoas e é feita a limpeza do poço.


 


Perfuração à percussão: Este método é utilizado para águas subterrâneas armazenadas em fraturas, falhas, fissuras, etc, onde a rocha é muito “dura” e a perfuração rotativa é ineficiente. Também este método é utilizado para quando o aquífero poroso está confinado, onde a camada superior é muito rígida, sendo assim, para se chegar ao aquífero poroso é necessária a utilização deste método. O método consiste na elevação e queda de pesos em uma ferramenta chamada trépano, que quebra e esmaga a rocha, girando no seu próprio eixo, gerando um furo circular. Durante a operação a água é misturada aos fragmentos triturados, formando uma lama que é retirada em intervalos. Por vezes, dada a constituição dura da rocha, o revestimento para evitar desmoronamentos é feito de forma parcial.


 


Perfuração roto-pneumática: É um método de percussão de alta frequência, por meio de um martelo, ao mesmo tempo em que a broca rotacional, triturando e desgastando a rocha. Neste caso o fluido é o próprio ar comprimido que passa por dentro do martelo e da broca.


 


 Caso você queira saber o que é Outorga do Uso D'água clique aqui.




Nosso endereço

João Rech, 60
Carazinho/RS

contato@mbgeologia.com.br

(54) 9815-05279

(54) 9815-05279

Newsletter

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter e receba novidades, noticias e atualizações.




Cancelar

Mídias sociais






MB Geologia e Meio Ambiente - Atuamos em todo RS- Todos os direitos reservados -2019

Hostche - Criação de Sites